Por Cristina Padiglione | Saiba mais
Cristina Padiglione, ou Padi, é paga para ver TV desde 1990, da Folha da Tarde ao Estadão, passando por Jornal da Tarde e Folha de S.Paulo
O que tem de bom?

Bethânia, Gal e Aracy de Almeida são documentadas no ‘É Tudo Verdade’

Uma homenagem a três grandes cantoras brasileiras é o propósito da faixa “É Tudo Verdade” desta segunda, no Canal Brasil.

O especial, a partir das 22h, começa por Maria Bethânia, passa o bastão a Gal Costa e finaliza com Aracy de Almeida.

“Betânia bem de perto” (1966) (34′)
Classificação:
10 anos
Direção: Júlio Bressane e Eduardo Escorel
Sinopse: As câmeras registraram um momento fundamental da trajetória da intérprete, tido como um marco para que ela entrasse para o rol das grandes cantoras brasileiras: o show teatral Opinião, em que ela se apresentou ao lado de Zé Ketti e João do Vale, em 1965. O filme lembra o primeiro show da baiana no Rio, realizado na boate Cangaceiro, após sua consagração com a música Carcará. Intercaladas aos números musicais, a produção documenta cenas do cotidiano e encontros com Anecy Rocha, Wanda Sá, Rosinha de Valença, Silvinha Teles e Jards Macalé, entre outros.

 

“Meu Nome é Gal” (1970) (12′)
Classificação: Livre
Direção: Antonio Carlos da Fontoura
Sinopse: Em imagens raras, é possível acompanhar a cantora em sua intimidade, vagando pelo Rio de Janeiro entre cartões-postais e a privacidade de sua própria casa, acompanhada apenas de um violão. Entre as canções, além da faixa que dá nome ao filme, é possível perceber a admiração do realizador, que a retrata como uma verdadeira obra de arte.
 
“Araca – O SAMBA EM PESSOA” (2015) (21′)
Classificação: 10 anos
Direção: Aleques Eiterer
Sinopse: O documentário faz um panorama da vida da sambista Aracy de Almeida, destacando sua trajetória artística. Com direção de Aleques Eiterer, o curta-metragem traz trechos recuperados de entrevistas e imagens de Aracy como cantora e jurada. Sérgio Cabral, Carlos Didier, Ricardo Cravo Albim, Jorge Mautner, Hermínio Bello de Carvalho, Cristina Buarque, Olívia Byington e Rodrigo Faour ajudam a contar a história da artista através de depoimentos emocionantes.

Curta nossa página no Facebook e siga-nos no Twitter

Cristina Padiglione

Cristina Padiglione