Por Cristina Padiglione | Saiba mais
Cristina Padiglione, ou Padi, é paga para ver TV desde 1990, da Folha da Tarde ao Estadão, passando por Jornal da Tarde e Folha de S.Paulo
O que tem de bom?

Dramaturgia+debate = reflexão: ‘Terradois’ estreia hoje, na TV Cultura

A ciência e a tecnologia, em especial, deram aos últimos 30 anos um empurrão que nos levou de um planeta a outro, tamanhas foram as mudanças ocorridas no período. Refletir sobre essas transformações e como lidar com elas é o ponto de partida de “TerraDois”, programa que estreia nesta terça, às 22h30, na TV Cultura, com apresentação do psiquiatra Jorge Forbes e da atriz Maria Fernanda Cândido. Mas não estamos aqui falando de mais um modelo “Café Filosófico”. A ideia de Marcos Amazonas, que instigou a criação do programa, junto com Forbes, era que isso não se resumisse à teoria e pudesse ganhar forma física. Trouxeram então Maria Fernanda para o projeto, que ganhou a adesão de Mika Links para dirigir as montagens dramatúrgicas capazes de darem voz aos debates sugeridos. E como Mika é mais palco que tela, o programa terá direção de câmeras nas mãos de Ricardo Elias.

A ficha técnica é extensa, algo raríssimo nesses tempos de crise, e, no caso das TVs públicas, raro até há mais tempo, dada a redução de verbas sofrida pelo segmento. É nesse contexto que a presença de Amazonas se faz notar. O apoio e patrocínio recebidos pelo projeto, com chancela do Boticário, são a razão única possível para sua realização.

Mais bacana do que colocar a dramaturgia em foco para a representação das ideias em debate é encontrar os atores em seus processos preparatórios, da mesa de leitura do texto aos exercícios de caracterização e concentração, no camarim. “não queríamos fazer algo realista, semelhante a um filme ou novela. Por isso a escolha por algo mais metalinguístico, que mostra o processo, que não é fechado, linear ou feito para você entrar e viver a história”, diz Maria Fernanda.

“Além de colocar a dramaturgia  a serviço da teoria, ‘Terradois’ tem a particularidade de desnudar, de expor o processo de construção de uma peça”, celebra Mika.

Uma questão que sintetiza bem a proposta do programa e o confronto entre o mundo que nascemos e o mundo que hoje habitamos, é: “Como lidar com todas essas mudanças utilizando nossos velhos padrões e ferramentas? Como navegar esta nova terra com mapas antigos?”

Boas perguntas. Divirtam-se.

 

TerraDois: Toda terça-feira, às 22h30, na TV Cultura

Curta nossa página no Facebook e siga-nos no Twitter

Cristina Padiglione

Cristina Padiglione