Por Cristina Padiglione | Saiba mais
Cristina Padiglione, ou Padi, é paga para ver TV desde 1990, da Folha da Tarde ao Estadão, passando por Jornal da Tarde e Folha de S.Paulo
O que tem de bom?

Globo chega a 14 pontos de média com UFC e a 18 com Liga dos Campeões

José Aldo, a luta

Enquanto a CBF faz jogo duro com a Globo, a emissora vai faturando com o esporte em outras frentes.

Na madrugada de sábado para domingo, a derrota de Jsé Aldo para Holloway rendeu à Globo 14 pontos de média na Grande São Paulo. No horário (0h44 às 2h14), a Globo foi sintonizada por 43% dos televisores ligados. O patamar representa 5 pontos (56%) a mais que o saldo da faixa horária.

No Rio, a média foi de 17 pontos e a participação entre as TVs ligadas atingiu 50%. O resultado é 7 pontos (70%) acima do placar habitual.

Na Liga dos Campeões, o placar foi de 18 pontos de média e 35% de participação entre as TVs ligadas na Grande São paulo (5 pontos a mais que o habitual, o que equivale  38% de crescimento).  A média geral da transmissão da edição 2016/2017 ficou em 15 pontos (2 pontos a mais que a temporada passada, ou 15% de acréscimo). No Rio, a partida rendeu 21 pontos e 42% de participação (crescimento de 5 pontos, 31%). A temporada chegou a 20 pontos, 3 a mais (18%) que a Liga passada.

Brasileirão

No Campeonato Brasileiro, Ponte Preta x São Paulo rendeu 22 pontos de média e 39% de participação (1 ponto acima da média parcial do Brasileirão até aqui).

No Rio Grêmio X Vasco fez 25 de média e 47% de participação, igualando a média do campeonato na região.

Os dados são do Kantar Ibope.

 

 

 

Curta nossa página no Facebook e siga-nos no Twitter

Cristina Padiglione

Cristina Padiglione