Por Cristina Padiglione | Saiba mais
Cristina Padiglione, ou Padi, é paga para ver TV desde 1990, da Folha da Tarde ao Estadão, passando por Jornal da Tarde e Folha de S.Paulo
Minha novela

Juca de Oliveira e Bárbara Paz, de novo do lado negro da força, na próxima das 9

Aqui estão Juca de Oliveira, na pele de Natanael, homem rico, que vive no Rio, pai do diplomata Henrique (Emílio de Mello), e Bárbara Paz, que entra em cena como sua aliada no plano de detonar o casamento do filho dele com Elizabeth (Glória Pires), a quem ela se apresenta como amiga.

As relações aqui descritas são parte de “O Outro Lado do Paraíso”, próxima novela das nove, de Walcyr Carrasco, com direção de Mauro Mendonça Filho. Após uma bateria de quase dois meses de gravação no Tocantins, entre Palmas e Jalapão, a equipe já grava sob o forte ar condicionado dos Estúdios Globo, em Curicica, no Rio.

Juca foi o cão da peste em “Avenida Brasil”: pai da vilã Carminha (Adriana Esteves), conseguia ser alguém bem pior que ela e, de certa forma, responsável por seu caráter.
Bárbara foi menos má, mas não foi boa bisca em “Amor à Vida”, última novela de Walcyr para a faixa das 21h.

Estreia ainda em outubro.

Curta nossa página no Facebook e siga-nos no Twitter

Cristina Padiglione

Cristina Padiglione