Por Cristina Padiglione | Saiba mais
Cristina Padiglione, ou Padi, é paga para ver TV desde 1990, da Folha da Tarde ao Estadão, passando por Jornal da Tarde e Folha de S.Paulo
Tá bombando!

Record ganha 7% de audiência na volta à TV paga, e SBT, 3%; Globo perde 2%

"Jornal da Record" foi maior destaque de crescimento na volta da emissora à TV paga

A sexta-feira passada já ia escurecendo quando Record, SBT e RedeTV! retomavam seus sinais na NET, maior operadora de TV paga do País, e na Claro TV. Pouco mais de uma semana antes, a Sky, segunda operadora brasileira, já havia realizado a retomada das três, que desde abril cobravam algum trocado para disponibilizar seus conteúdos em pacotes de assinantes.

Na segunda-feira seguinte, portanto primeiro dia útil com a mudança efetivada e a informação mais alcançada pelo público, a medição de audiência realizada pela Kantar IBOPE apontou um efeito mais consolidado sobre o ranking dos canais de TV. Ao comparar os números do dia com a média das quatro segundas-feiras anteriores, na faixa das 7h à 0h, tivemos:

  • 7% de crescimento para a Record
  • 3% de crescimento para o SBT
  • 4% de queda para a Band
  • 2% de queda para a Globo

Convém observar também que a segunda passada, dia 11 de setembro, sofreu uma retração no número de televisores ligados, em 2% em relação às segundas anteriores. E o próprio segmento de TV paga ficou 8% abaixo dos índices registrados nas segundas anteriores.

Jornalismo em alta
Outro dado interessante é que o jornalismo aparece com fôlego no crescimento de SBT e Record nesse estudo. O “Jornal da Record” saltou de 6,2 para 7,3 pontos, um avanço de 19%. O “SP Record”, na faixa das 19h15, lançado durante o período do apagão da emissora na TV paga, subiu de 5,8 para 6,9 pontos, um progresso de 18%. No SBT, a faixa do “SBT Brasil” também se destaca em ascensão.

É verdade que na segunda, os noticiários exibiram força extra também nos outros canais, lembrando que foi um dia em que o Brasil amanheceu falando da prisão dos empresários Joesley Batista e Ricardo Saud, da J&F, que se entregaram à polícia na tarde de domingo.

Entre 6h e 7h30 da matina, a Band dobrou sua audiência com o “Jornal BandNews” (de 0,5 para 1 ponto), e subiu 66% entre 7h30 e 9h com o “Café com Jornal”, que ganhou no período estudado ganhou nova apresentadora, Júlia Duailibi, especialista em política. O “Jornal Nacional” do dia também subiu, em relação às segundas anteriores.

Agora é acompanhar o desenrolar dos novos hábitos de zapping para constatar o que fez mais falta para os pagantes de TV que se ausentaram de Record, SBT e RedeTV!  nesse período. Muita gente adora dizer que nem sentiu falta. Mas os números, até aqui, mostram que uma parcela considerável havia sido perdida pelas emissoras.

Curta nossa página no Facebook e siga-nos no Twitter

Cristina Padiglione

Cristina Padiglione