Por Cristina Padiglione | Saiba mais
Cristina Padiglione, ou Padi, é paga para ver TV desde 1990, da Folha da Tarde ao Estadão, passando por Jornal da Tarde e Folha de S.Paulo
Meu show

Para Hassum, festival de Comédia Brasileira nos EUA valoriza referência de liberdade ao riso

Leandro Hassum apresenta o 1º Festival Anual de Comédia Brasileira na América. Foto: Divulgação

Para um país que tem Donald Trump no comando, mas um nível de liberdade de expressão que ainda estamos longe de encontrar por aqui, os Estados Unidos são nada menos que excelente parâmetro para o humor brasileiro. Daí a relevância daquela que é a primeira edição de um evento projetado para se repetir todos os anos nas terras de tio Sam: começa hoje, em Miami, o 1º Festival  Anual de Comédia Brasileira, sob a bênção de um reconhecido militante do riso, Leandro Hassum.

Promovido pela Bis Entertainment, produtora pioneira em levar grandes espetáculos brasileiros para os Estados Unidos, o evento reúne três brasileiros vencedores de um concurso promovido pela empresa, no propósito de revelar talentos brasileiros espalhados  por aquele país: Mateus Rodrigues Pereira, Fabio Souza Lima e Andre Luiz Ferreira.

Hassum, que foi um dos jurados, apresenta-se com os vencedores, ao lado de Paulinho Serra, outra grife nacional do humor, com bagagem estofada pela MTV, Multishow e outras telas.

“O humor nos Estados Unidos sempre foi uma referência não só para mim, mas para a maioria dos comediantes brasileiros”, atesta Hasssum em depoimento ao TelePadi. “A liberdade que os comediantes americanos têm para abordar qualquer assunto faz com que eles tenham uma liberdade criativa que é vital para o trabalho de quem faz qualquer tipo de humor. E esta liberdade acaba se refletindo não só na TV e no cinema, mas principalmente nas apresentações de stand-up comedy. O maior exemplo dessa liberdade e da maturidade deles é o fato do próprio presidente americano fazer, anualmente, um stand-up diante da imprensa americana”, desafia. “Não sei como será com Trump, mas o Obama arrebentava nas apresentações enquanto presidente. Confesso que estou curioso para ver como será com o Trump”, completa Hassum, que apresenta o Festival.

Os ganhadores, comediantes maiores de 18 residentes nos EUA,  foram julgados por vídeos enviados à competição.

O primeiro dia do Festival é hoje, em Miami. Dias 18 e 19 terá em Boston e Orlando, dias 18 e 19, respectivamente, sexta e sábado próximos.

Eis os talentos eleitos da vez no I Festival Anual de Comédia Brasileira

Mateus Rodrigues Pereira é empreendedor digital, morava em Imperatriz (MA), e há dois anos vive em Marlborough (Massachusetts). Ele conta que sua primeira apresentação aconteceu num simpósio da faculdade, o suficiente, segundo ele, para despertar a paixão pelo humor. A partir de então, criou um canal e passou a produzir vídeos para a rede social YouTube.ita gente que me apóia e está torcendo por mim, não quero desapontá-los”, expressou.

Fabio Souza Lima morava em Campinas (SP) e há dois anos vive em Palm Harbor (Flórida), com mulher e filha. Trabalhou como redator e roteirista publicitário no Brasil e nos EUA já fez de tudo um pouco, entre lavar pratos, vender materiais de escritório e seguro saúde, além de atuar como motorista do Uber. Atualmente, é consultor de serviços numa concessionária da Mercedes-Benz.

André Luiz Ferreira,  ator e comediante, carrega na bagagem oito prêmios conquistados nos EUA, onde protagonizou espetáculos que foram sucesso de bilheteria. Também atuou no pocket-show do matuto, em Minas Gerais. Ele conta que em 2001, depois de gravar seu primeiro CD de piadas, Dedos de Prosa, partiu para os Estados Unidos, gravando lá um comercial para a TV Globo Internacional, caracterizado como o personagem Sô Zé, o que o tornou famoso como o caipira mais conhecido da América. Montou espetáculos, viajando para Massachusetts, Connecticut, Flórida, Pensilvânia, Nova Jersey, Nova York, Geórgia, Carolina do Sul e do Norte. Ainda nos EUA, gravou seu primeiro DVD, As proibidas do Sô Zé, em 2007 e atuou em peças de teatro, contracenando com atores como Luis Salem e Marcelo Faustini. André é casado, tem três filhos e quatro netos.

 

Curta nossa página no Facebook e siga-nos no Twitter

Cristina Padiglione

Cristina Padiglione