Por Cristina Padiglione | Saiba mais
Cristina Padiglione, ou Padi, é paga para ver TV desde 1990, da Folha da Tarde ao Estadão, passando por Jornal da Tarde e Folha de S.Paulo
Minha novela

Fim do mundo na Record é movido a haters e muita tecnologia: vem aí o ‘Apocalipse’

Vivian Oliveira, autora de 'Apocalipse', fala ao elenco em workshop no Rio: novela terá gravações em Israel, Itália e EUA

“Apocalipse”, novela que começa a ser produzida agora, para estrear em novembro, na Record, não só quebra a fila de produções bíblicas de época da casa, como terá elementos de altíssima tecnologia. O folhetim fará uso de um tipo de vilão muito presente no mundo digital, o hater, que vive de espezinhar os outros pela internet, protegido pelas limitações virtuais que o tornam invariavelmente um covarde, escoltado que está pelo anonimato.

Elementos de alta tecnologia já existentes, mas pouco conhecidos pela massa, terão função primordial na movimentação da história de Vivian Oliveira, autora que volta a escrever pela primeira vez após as curtas férias que se seguiram ao expediente da aclamada “Os Dez Mandamentos”.

Elenco, cenógrafos, maquiadores, figurinistas, diretores e outros profissionais envolvidos na trama participam esta semana, na sede da produtora Casablanca, no Rio, QG da produção, de uma série de palestras sobre o fim do mundo na leitura de Vivian. A presença da tecnologia na história justificou ali até a presença de Antonio Guerreiro, diretor do portal R7 e responsável por toda a mídia digital da emissora, como um dos palestrantes. Marcelo Silva, vice-presidente da Record TV, também palestrou, assim como Vivian e Edson Spinello, o diretor.

O elenco reúne um time de peso, em boa parte conquistado graças à recente política da Globo de reduzir seu cast fixo, trabalhando com atores por meio de contratos que asseguram pagamento por obra certa, e não mais por longa temporada. O fim do mundo na Record TV terá como protagonista e antagonista a mesma dupla de “Os Dez Mandamentos”: Guilherme Winter e Sérgio Marone, o anticristo. Sidney Sampaio, que deu seguimento à missão de Moisés como Josué, na novela “A Terra Prometida”, também entrará em cena. Completam o time: Juliana Knust, Paloma Bernardi, Juliana Silveira, Marcos Winter, Flavia Monteiro, Castrinho, Eduardo Galvão, Flávio Galvão, Emílio Orciollo Netto, Leona Cavali, Beth Goulart, Henri Pagnoncelli, Raphael Sander, Selma Egrei, Nina de Pádua, Lisandra Souto, Daniela Escobar, Renato Livera, Lu Grimaldi, Fernando Pavão, Luiza Tomé, Flávia Monteiro, Adriana Prado, Thais Pacholek, Thais Melchior, Jussara Freire, Raphael Sander, Adriana Londoño, Sandro Rocha, Jonatas Faro, Murilo Grossi, Paulo Vilela, Bruno Daltro, Aline Borges, Fredy Costa, Junno Andrade, Carla Marins, Pérola Faria, Roberto Birindelli, Marcelo Valle, Igor Cosso, João Bourbonnais, Norival Rizzo, Ricardo Duque, Joana Fomm, Andrey Lopes, Edson Montenegro, Cacau Mello, Beth Zalcman, Thaissa Carvalho, Tônio Carvalho, Thuany Parente, Isabela Koppel, Adriano Garib, Jayme Periard, Gabriel Reiff, Juliana Xavier, Mauricio Pitanga, Guilherme Hamacek, Nathalia Costa, Carolina Oliveira e Rafaela Sampaio.

Na contramão da Globo, que vem evitando viagens internacionais para sustentar os primeiros capítulos de suas novelas, “Apocalipse” terá cenas gravadas na Itália, em Israel e nos Estados Unidos. A novela terá uma primeira fase, localizada nos anos 1980, para justificar os castigos e benesses que vão rechear o fim dos tempos.

Estreia em novembro, com promessa de grandes efeitos especiais, a começar por uma tsunami.

Curta nossa página no Facebook e siga-nos no Twitter

Cristina Padiglione

Cristina Padiglione