Por Cristina Padiglione | Saiba mais
Cristina Padiglione, ou Padi, é paga para ver TV desde 1990, da Folha da Tarde ao Estadão, passando por Jornal da Tarde e Folha de S.Paulo
Meu show

Pedro Mariano, Lobão, José Augusto e Cauã Reymond fazem os shows da noite, com Ronnie Von, Gentili, Porchat e Bial

Cauã Reymond engata conversa com Bial sobre paternidade / Foto: Cauã Reymond/Divulgação

… Ronnie Von recebe no ‘Todo Seu”, nesta terça, a partir das 22h30, pela TV Gazeta, uma voz bastante conhecida: o dublador Wendel Bezerra empresta seu timbre a vários personagens de desenhos animados, séries, filmes e brinquedos. Ele é a alma brasileira por trás do gogó de figuras como Bob Esponja, o vampiro galã Edward Culen, o herói Goku, e do Dragon Ball Z, entre tantos outros. Ele explica ainda por que a dublagem brasileira é considerada uma das melhores do mundo.
Por falar em cinema, tem a estreia da nova série, “Mundo Geek”, com os repórteres convidados, os youtubers Bruno Bock e Rolandinho, do canal  Pipocando, que soma mais de 2,5 milhões de inscritos e é um sucesso quando o assunto é a sétima arte. Neste primeiro episódio, Bruno Bock visita a feira Anime Friends 2017 e mostra tudo sobre o mundo “cosplay”.
Fechando a noite, tem boa música com Pedro Mariano, que apresenta sua nova canção, “DNA”, endossando que seu talento vem de outras gerações.

Ronnie Von e Pedro Mariano no ‘Todo Seu’

 

… Danilo Gentili conversa com Lobão no “The Noite” desta terça, a partir de 0h, pelo SBT.

Lobão conversa com Danilo Gentili no ‘The Noite’

O músico fala sobre o lançamento de seu novo livro “Guia Politicamente Incorreto dos anos 80 pelo rock” e revela que começou a escreve-lo com a intenção de detonar os anos 80, mas acabou “fazendo as pazes” com a década. “Nunca tinha ouvido (os discos de rock dos anos 80). Ouvia na rádio, no elevador. Os discos são uma porcaria realmente, mas a canção é excelente, as letras são excelentes. O tempo decantou esse material.”, diz ele. O compositor ressalta a importância do estilo para o cenário musical do Brasil e diz que “todo país civilizado tem uma cena de rock boa funcionando. Aqui temos uma cena que sobrevive” e completa: “O rock, no mundo, substituiu a música erudita”.
Lobão fala ainda sobre sua biografia, sua amizade tardia com Renato Russo e reclama por se sentir excluído da biografia de Cazuza: “Era parceiro, era meu irmão. Meus amigos todos morreram”. Sobre novas manifestações culturais, ele afirma: “Eu rezo pra que a gente tenha uma manifestação de verdade. A gente tem que inventar uma trilha sonora para os anos de agora, para o Brasil neste momento. As músicas boas dos anos 80 estão sendo ouvidas por quem não viveu aquela época.”
A edição do dia traz ainda o segundo prato competidor do concurso “O Novo Prato do The Noite”, com uma proposta deliciosamente ogra: uma incrível Torre de Batatas Fritas.

… No ‘Programa do Porchat’, pela Record TV, a partir de 0h15, Fábio Porchat recebe um cantor romântico que fez a loucura de toda uma geração. José Augusto (quem não se lembra do hit que embalava a abertura da novela “Barriga de Aluguel”?) dá as caras no programa. Conta o cantor que esquece as letras e prepara longas colas no palco para os shows que realiza. Fala de sucessos como “Evidências”, cuja gravação com Chitãozinho e Xororó se tornou o maior hit nos videokês de todo o país, e de “Sonho por Sonho”, entre outros sucessos. Durante o programa, ele será desafiado a cantar versões inusitadas de seus hits.

José Augusto no ‘Programa do Porchat’. Foto de Antonio Chahestian/Divulgação

 

… No ‘Conversa com Bial’, logo após o ‘Jornal da Globo’, Pedro Bial bate um papo sobre paternidade com um daqueles pais que só existem em comercial de Dia dos Pais. Brincadeirinha. Cauã Reymond está em comercial de Dia dos Pais, mas de fato é pai e é real, claro. O ator fala sobre como a pequena Sofia mudou sua vida e seus hábitos. “Eu amadureci muito com a paternidade. Eu sou outra pessoa”, analisa. Para ele, a guarda compartilhada com a mãe, Grazi Massafera, não diminui as chances de aproveitar grandes momentos ao lado da filha. “Moramos no mesmo bairro, temos uma vida muito próxima, e sempre organizo meu trabalho diante da disponibilidade dela”, conta. E não é que ele adora fazer “cabaninhas” com ela? A distância exigida pelo trabalho é algo que ele procura compensar como pode. “Quando viajo a trabalho, a gente conversa por ‘emoji’. Ela manda áudio e fala: ‘Olha o unicórnio, papai! (…) Eu fico emocionado de saudade. Mas tento não preencher isso com presente, e sim com presença”.
A conversa conta também com o especialista em paternidade Marcos Piangers e a youtuber Helen Ramos, que faz vídeos sobre maternidade. Autor do best-seller “O Papai é Pop”, Piangers acredita que Cauã está no caminho certo. “É preciso que a gente perca essa armadura masculina de falar ‘eu te amo’, de participar das decisões e criar uma relação afetiva. Eu acho que o homem que não participa está perdendo oportunidade de se tornar alguém melhor”, declara. Helen complementa: “Pais como Cauã estão cada vez mais comuns. A nossa geração, dos pais com 30 anos, é mais presente e compartilha obrigações. Ainda bem”.

Curta nossa página no Facebook e siga-nos no Twitter

Cristina Padiglione

Cristina Padiglione