Por Cristina Padiglione | Saiba mais
Cristina Padiglione, ou Padi, é paga para ver TV desde 1990, da Folha da Tarde ao Estadão, passando por Jornal da Tarde e Folha de S.Paulo
Minha novela

Pela 5ª vez consecutiva, Globo troca viagem internacional por cenário brasileiro pouco explorado

O destemperado Gael (Sérgio Guizé) e a mocinha da história, Clara (Bianca Bin) em gravações em Palmas. Foto de Raquel Cunha/TV Globo

História que Walcyr Carrasco escreve para substituir “A Força do Querer”, na faixa nobre da Globo, “O Outro Lado do Paraíso” será a quinta novela consecutiva sem gravações internacionais em seus primeiros capítulos. Viagens ao exterior com o elenco principal eram praxe da casa, especialmente em produções das 21h. Agora, ao optar por viagens internas, a emissora economiza nas passagens internacionais e no câmbio das moedas estrangeiras, além de se sair bem na fita, digo, no HD, ao valorizar destinos internos. Se “A Força do Querer” teve Manaus e Pará como locações dos capítulos iniciais e referência de alguns personagens centrais, “O Outro Lado do Paraíso” mergulha no Tocantins, espaço que nunca teve vez em novela da Globo.

Sob direção artística de Mauro Mendonça Filho e e direção geral de André Felipe Binder, uma equipe já grava cenas iniciais do enredo. Sob calor de 36 graus, clima árido, mas lindo por do sol, Palmas, capital do estado, abriu os trabalhos, com participação de Bianca Bin, Sérgio Guizé, Grazi Massafera, Rafael Cardoso, Erika Januza, Caio Paduan e Lima Duarte. Entraram em foco as belas Ilha do Canela e Praia da Graciosa, no Lago de Palmas, além da Praia de Luzimangues, no município de Porto Nacional, o Mirante do Limpão e a Ponte da Amizade e da Integração.

Desde o dia 31, a trupe se deslocou para a região do Jalapão, onde os trabalhos continuam neste mês.

Clara (Bianca Bin) vive no Jalapão com o avô Josafá (Lima Duarte). A desgraça do seu destino é prenunciada pela chegada de Gael (Sérgio Guizé), herdeiro de uma família de Palmas, que passa uns dias de férias no Jalapão. A atração entre os dois é imediata, como mandam as regras do folhetim que cobiça grande audiência.

Além do temperamento agressivo de Gael, Clara enfrentará a megera maior da trama, Sophia, sua sogra, personificada numa Marieta Severo de causar medo. Estrategista, a matriarca quer acabar com os planos de casamento do filho, mas muda de ideia ao descobrir que há esmeraldas nas terras da professora. Sophia enxerga aí a chance de salvar sua família da decadência. Mas terá de convencer Clara e o avô a permitirem o garimpo de pedras no local.

A moça engravida, e tão logo Sophia garanta sua herdeira, recorre à ajuda de sua filha Livia (Grazi Massafera), outra malvadinha, do psiquiatra Samuel (Eriberto Leão), do delegado Bernardo (Flavio Tolezani) e do juiz Gustavo (Luis Melo) para internar Clara em uma clínica psiquiátrica, numa ilha, por dez anos.

A trama se desenvolve a partir da reação de Clara, com a devida torcida do público. Na ilha onde é confinada, ela tem a companhia da sempre comovente Nathalia Timberg, que vive Beatriz, uma senhora que há tempos foi esquecida pela família e que guarda um valioso segredo.  A mocinha também contará com o apoio de uma antiga paixão, Renato (Rafael Cardoso), médico que cuidará dela após as brigas com Gael.

Parece novela mexicana, e parece mesmo: “O Outro Lado do Paraíso” é apontada como história com fortes semelhanças com “La Patrona”, trama do canal Telemundo, voltado ao público hispânico residente nos Estados Unidos. Mas um argumento que une riqueza, romance, poder e vingança não é nada que já não tenha sido lido ou visto em outras histórias. Como diz João Emanuel Carneiro, autor de “A Favorita”, “Avenida Brasil” e “A Regra do Jogo”, todas as histórias já foram contadas. O que pode mudar é a maneira de contá-las. Vamos ver. Eu mesma conheço uma história real de um grande empresário que internou a primeira mulher em uma clínica e a isolou em Nova York, para se casar com outra em seguida. Acontece nas melhores famílias…
O elenco conta ainda com Fernanda Montenegro, Eliane Giardini, Juca de Oliveira, Nathalia Timberg, Juliano Cazarré, Fabíula Nascimento, Thiago Fragoso, , Arthur Aguiar, Flávio Tolezani, Neusa Maria Faro, Juliana Caldas, Marcello Noves e Luís Melo, entre outros.

A estreia está prevista para 2 de outubro.

Curta nossa página no Facebook e siga-nos no Twitter

Cristina Padiglione

Cristina Padiglione